Top

DO INUMANO AO MAIS-HUMANO

O projeto Do Inumano ao mais-Humano, contemplado pela 11ª edição do Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo, não visou à montagem de um novo espetáculo, mas investigar as questões inerentes ao processo criativo, destacando-se a relação do ator com a composição da linguagem cênica e as possibilidades de relação da obra com o público. Na sala de trabalho, o tema do Inumano foi investigado sob múltiplos perspectivas – o que não é humano; o que está além ou aquém do humano; aquilo que o homem rejeita como humanoo que é anterior, ou posterior ao humano, entre outras – por meio de quatro eixos: o animal, a natureza, o trágico e o grotesco – que carregam consigo perspectivas do humano que rompem com as acepções literais ou miméticas do termo.

A última etapa da pesquisa, sob a orientação do diretor e pedagogo russo Jurij Alschitz, abordamos os aspectos poéticos e filosóficos da construção dramática proposta na obra de A. Tchekov, compondo o quinto eixo, que denominamos mais-Humano.

Realizado entre os anos de 2007 e 2008, os resultados das diferentes etapas da pesquisa foram compartilhados com os espectadores, na Casa Balagan, por meio de apresentação dos Estudos Cênicos, atividade proposta na pesquisa como parte da investigação sobre as relações entre criação e recepção.