Top

PROMETHEUS – A TRAGÉDIA DO FOGO

SINOPSE

Prometheus – a tragédia do fogo faz uma arqueologia de um mito fundador da cultura ocidental e dos diversos eventos que compõem o mito prometeico – a criação do homem, a separação dos deuses e dos homens, do homem e da natureza, dos irmãos Prometeu/Epimeteu, o roubo do fogo, a condenação do titã ao Cáucaso, entre outros, oferecendo fragmentos da narrativa, pistas do mito, que cabem ao espectador organizar.

Na mitologia grega, é o titã Prometeu quem modela o homem a partir do barro e quem lhe dá o fogo, depois de o ter roubado dos deuses. Quando Zeus instaura seu novo reinado, incumbe Prometeu (aquele que pensa antes) e seu irmão, Epimeteu (aquele que pensa depois), da distribuição dos dons entre todos os seres vivos. Epimeteu distribui os dons sozinho, porém, esquece-se do homem. Prometeu rouba o fogo dos deuses e o entrega aos humanos. Castigado, é preso ao Cáucaso, onde uma águia, durante o dia, devora-lhe o fígado, que se regenera todas as noites. Mais tarde, Prometeu é libertado por Héracles.

 
<<  Voltar