Top

ZÁPAD – A TRAGÉDIA DO PODER

SINOPSE

O primeiro texto revela os dois monarcas na juventude, repletos de expectativas, de possibilidades da concretização e de idealizações juvenis, que incluem o desejo de uma nova ordem, um novo arranjo entre os poderes do Estado e da Igreja. A dupla é acompanhada por um Anjo Branco e um Velho Bufão, que vislumbra a falência desse ambicioso e romântico projeto juvenil.

 

O segundo texto apresenta Ivan e Elizabeth em idade adulta. A troca de correspondências entre ambos revela a negociação de fusão dos dois reinos, através da união matrimonial, cujas consequências se projetariam para o futuro de toda Europa. O Anjo e o Bufão que os acompanham são, agora, sedutores, seduzidos pelo poder.

 

O terceiro texto vai encontrar Ivan e Elizabeth em idade madura, reflexivos, confrontados com as consequências de suas ações e escolhas. Acompanhados por dois jovens Bufões, que revelam na perspectiva infantil a condição dos seus amos enquanto o Anjo carrega o peso, o desgaste de uma trajetória inevitável.

 

A dramaturgia, ainda que articulada por diferentes dramaturgos, constituía-se a partir de uma fábula única, com a presença dos mesmos personagens centrais e seus contrapontos dramáticos.

 
<<  Voltar